—————————————————- “Não se afobe, não que nada é pra já o amor não tem pressa ele pode esperar em silêncio num fundo de armário na posta-restante milênios, milênios no ar