“Que tal nós dois numa banheira de espuma el cuerpo caliente um dolce far niente sem culpa nenhuma